segunda-feira, 27 de junho de 2016

História - 2º Bimestre - 8º ano

 1) Montesquieu:
(a) Defendia que o comando político de uma nação fosse comandado por uma poder, o Legislativo.
(b) Defendia a liberdade dos indivíduos, que seria assegurada por um conjunto de leis, e a criação dos três poderes: Executivo, Legislativo e Judiciário.
(c) Defendia a intervenção do Estado na economia.
(d) Queria o fim da República.

2) Posição defendida pelo iluminista Votaire:
(a) Que qualquer pessoa que tenho o poder tende a abusar dele.
(b) Que a democracia era irrelevante para o povo.
(c) Que a liberdade de expressão é um direito de todos.
(d) Que as colônias não deviam se emancipar.

3) E quanto a Educação, o que pensavam os iluministas?
(a) Defendiam que ela fosse somente religiosa.
(b) Defendiam que ela fosse privada.
(c) Defendiam que ela fosse aplicada somente para os ricos.
(d) Combatiam a Educação privada e religiosa.

4) O Poder Legislativo é aquele que faz as leis que regem o país, os estados e os municípios. No país é exercido pelo Congresso Nacional, composto pela Câmara dos Deputados e pelo Senado. No estado é exercido pela Assembleia Legislativa. No município, pela Câmara dos Vereadores. Além deste Poder, temos também os poderes Executivo e Judiciário.
(texto adaptado de “Um domingo diferente. Um domingo de eleições”. Estadinho. São Paulo, 5 de outubro de 2002, p.8. Suplemento infantil do jornal. O Estado de São Paulo).
Pensando em como funciona o governo no Brasil, podemos dizer que o Executivo e o Judiciário significam:
(a) Executivo: executa as leis; Judiciário: faz cumprir as leis.
(b) Executivo: faz as leis; Judiciário: faz cumprir as leis.
(c) Executivo: executa as leis; Judiciário: julga as leis.
(d) Executivo: julga as leis; Judiciário: faz cumprir as leis.

5) A queda da Bastilha representou:
(a) A vitória do rei sobre os revolucionários jacobinos.
(b) O início da Revolução Francesa.
(c) A união dos Estados ingleses e franceses contra os revolucionários girondinos.
(d) A derrota de jacobinos e girondinos.

6) A Revolução Francesa representou um marco da história ocidental pelo caráter de ruptura em relação ao Antigo Regime. Dentre as características da crise do Antigo Regime, na França, está
(a) a crescente mobilização do Terceiro Estado, liderado pela burguesia contra os privilégios do clero e da nobreza.
(b) o desequilíbrio econômico da França, decorrente da Revolução Industrial.
(c) a retomada da expansão comercial francesa, liderada por Colbert.
(d) o apoio da monarquia às sucessivas rebeliões camponesas contrárias à nobreza.

7) Observe a imagem:

A charge acima retrata que
(a) havia privilégio para o Terceiro Estado.
(b) o Terceiro Estado sustentava todos os privilégios da Nobreza e do alto Clero.
(c) o Primeiro e Segundo Estados se preocupavam com o bem estar do Terceiro Estado
(d) os impostos eram pagos pela nobreza, deixando isento o clero e a burguesia

8) Sobre o contexto histórico da França pré-revolução, é verdadeiro afirmar que:
(a) o clero e a nobreza possuíam muitos privilégios, entre eles a isenção tributária (não pagavam impostos).
(b) a estrutura social da população francesa não era estratificada.
(c) havia igualdade de direitos, sendo que não havia camadas sociais privilegiadas.
(d) não havia pobreza, nem miséria, pois existia uma justa distribuição de renda.

9) Observe a imagem:

Um dos fatos históricos mais importantes e tida como o início da Revolução Francesa, retratado na imagem, foi
(a) a decretação de leis que garantiam igualdade de direitos na França em 1789.
(b) a união do clero e da burguesia em prol da derrubada da monarquia e implantação da República.
(c) a Queda da Bastilha (principal prisão política da monarquia francesa) em 14 de julho de 1789.
(d) o apoio de Napoleão Bonaparte ao governo do monarca Luís XVI.

10) No período antecedente à Revolução Francesa, uma das classes sociais era o clero, que se apresentava
(a) como uma classe homogeneamente em oposição à monarquia absoluta, em nome dos direitos humanos.
(b) dividido em um clero alto e rico, comprometido com a monarquia absoluta e um baixo clero pobre.
(c) cindido em um segmento alto, de oposição ao governo absoluto e um segmento baixo, que o apoiava.
(d) dividido em relação ao poder absoluto, mas à margem dos privilégios do Antigo Regime.

11) "O processo histórico que levou à substituição das ferramentas pelas máquinas, da energia humana pela energia motriz e do modo de produção doméstico pelo sistema fabril constituiu a Revolução Industrial."
 ARRUDA, José Jobson; PILETTI, Nelson. Toda a História – História Geral e do Brasil. São Paulo:  Ed. Ática, 2002. p. 328.
Sobre a Revolução Industrial, podemos afirmar que
(a) teve início na Inglaterra, com a indústria têxtil e a energia a vapor. 
(b) iniciou de forma simultânea na França e na Alemanha por volta de 1650, utilizando-se da energia elétrica e da queima de derivados de petróleo.
(c) consolidou o sistema capitalista, humanizando o trabalho nas fábricas e possibilitando a participação dos operários nos lucros, o que aumentava a produção. 
(d) não houve mudanças nos hábitos das pessoas, que preferiam continuar trabalhando no campo

12) Uma das consequências da Revolução Industrial foi
(a) a mudança das pessoas das cidades para a zona rural.
(b) a crescente importância do trabalho do artesão.
(c) a falta de investimento em tecnologia nas fábricas.
(d) o processo de urbanização, onde as pessoas saiam da zona rural para trabalharem nas fábricas

13) Observe a imagem:

O surgimento da máquina a vapor, juntamente com o desenvolvimento tecnológico, teve papel importante no processo de industrialização. A invenção da locomotiva a vapor, dentre outras coisas, foi importante por que
(a) desenvolveu a indústria pesqueira da região.
(b) foi suporte no transporte de matéria prima e carvão para as indústrias.
(c) foi bastante utilizada pelos turistas da época.
(d) servia apenas para o transporte de pessoas

14) Observe a imagem:

Sobre os operários das primeiras indústrias da Revolução Industrial, podemos dizer que as condições de vida e de trabalho eram
(a) fácil, visto que ganhavam o suficiente, trabalhavam pouco e moravam bem.
(b) razoável, trabalhavam oito horas por dia e tinham folgas semanais.
(c) divertida, devido às brincadeiras que ocorriam durante a produção.
(d) muito difícil, devido a grande carga de trabalho, as péssimas moradias e salários baixos.

15) Era uma das críticas feita pelos iluministas:
(a) O pacto colonial, onde a colonial só podia comercializar com a metrópole.
(b) O livre comércio.
(c) A concorrência entre as nações.
(d) O fim da intervenção do estado na economia

QUESTÃO BÔNUS:
General escolhido para comandar a França por ser um líder forte:
(a) D. Pedro II
(b) Luis XV
(c) Napoleão Bonaparte
(d) Voltaire

“O historiador e o poeta não se distinguem um do outro pelo facto de o primeiro escrever em prosa e o segundo em verso. Diferem entre si, porque um escreveu o que aconteceu e o outro o que poderia ter acontecido. ”
Aristóteles

Nenhum comentário:

Postar um comentário